INSTITUTO PORTUGUÊS DE ACREDITAÇÃO
Informação geral
Acreditação L0699
Referencial NP EN ISO/IEC 17025:2005
Entidade CALSEG, Consultoria e Serviços Unipessoal, Lda
Sigla CALSEG
Data de Concessão 2016-01-19
Certificado em vigor 2016-01-19
Contacto Filipa Fernandes
Locais abrangidos
Endereço Rua Gonçalves Zarco, 1129 B, s/ 110-112
4450-685 Leça da Palmeira
Distrito Porto
Telefone 229 967 034 / 935 861 022
Fax 229 967 034
E-mail calseg@calseg.pt
Âmbito de acreditação - Local: 4450-685 Leça da Palmeira
Anexo técnico em vigor: 2018-03-06

Produto

Ensaio

Método

Categoria

[ Alimentos e agro-alimentar ]

Alimentos para animais  Colheita de amostras em lotes ≥500 ton, lotes armazenados ou transportados. Amostras dinâmicas usando meios mecânicos ou manuais  Reg. (EU) n.º 691/2013, anexo I, anexo II e suas alterações 
Alimentos para animais  Colheita de amostras em lotes de quantidade ˂500 ton. Amostras estáticas usando meios manuais  Reg. (EU) n.º 691/2013, anexo I, anexo II e suas alterações 
Alimentos para animais
exceto alimentos compostos contendo mais de 4% de sacarose ou de lactose; alimentos simples tais como alfarrofa, produtos cerealíferos hidrolisados, gérmen de malte, pedaços de beterraba, solúveis de peixe e açúcares; alimentos compostos com mais de 25% de sais minerais contendo água de cristalização 
Determinação teor de Humidade  NP 875 
Cereais e derivados de cereais  Colheita de amostras dinâmicas de produto a granel, usando meios manuais  ISO 24333 
Cereais e derivados de cereais  Colheita de amostras estáticas em produto a granel  ISO 24333 
Cereais e derivados de cereais  Colheita de farinhas e outros embalados, usando meios manuais  ISO 24333 
Cereais, derivados de cereais, bagaços de oleaginosas, sementes de oleaginosas  Determinação teor de água (Termogravimetria)  IT.05 
Cereais, Sementes Oleaginosas, Alimentos para animais  Peso Específico  IT.06 
Cevada dística  Identificação e quantificação de impurezas (Categoria A, Categoria B, Categoria C, Categoria D, Categoria E, Categoria F, Categoria G, Total de impurezas)  IT.09- Addendum n.º IV 
Milho  Determinação teor de Humidade  EN ISO 6540 
Milho  Identificação e quantificação de impurezas (Grãos partidos, Impurezas constituídas por grãos, Grãos danificados por pragas, Grãos germinados, Grãos de outros cereais e plantas cultiváveis, Grãos com coloração anormal, Impurezas diversas, Sementes estranhas, Matéria estranha, Grãos danificados, Insetos vivos ou ácaros, Total de impurezas)  IT.15- Addendum n.º V 
Milho e sorgo  Identificação e quantificação de impurezas (Grãos partidos, Impurezas constituídas por grãos, Outros cereais, Grãos atacados por pragas, grãos aquecidos por secagem, Grãos germinados, Impurezas diversas, Sementes estranhas, Grãos não saudáveis, Matéria estranha, Cascas, Impurezas de origem animal, Total de impurezas)  EN 16378 
Sementes de oleaginosas  Determinação teor de água e matérias voláteis  ISO 665 
Trigo mole, centeio e suas farinhas, Trigo duro e sêmola de trigo duro  Índice de Queda  EN ISO 3093 
Trigo mole, centeio e suas farinhas, Trigo duro e sêmola de trigo duro  Índice de Queda   IT.13 
Trigo mole, trigo duro, centeio e cevada forrageira  Identificação e quantificação de impurezas (Grãos partidos, Impurezas constituídas por grãos, Grãos engelhados, Outros cereais, Grãos contaminados por pragas, Grãos com gérmen descolorido, Grãos sobreaquecidos pela secagem, Grãos germinados, Impurezas diversas, Sementes estranhas, Grãos não saudáveis, Matéria estranha, Cascas, Cravagem, Grãos cariados, Impurezas de origem animal, Total de impurezas)  EN 15587 
Trigo mole, Trigo duro, Centeio, Cevada, Aveia, Triticale, Sorgo, Arroz  Determinação teor de Humidade  ISO 712 
Trigo mole, Trigo duro, Centeio, Cevada, Aveia, Triticale, Sorgo, Arroz, Milho  Peso Específico  ISO 7971-3 
Notas

Local

Notas
4450-685 Leça da Palmeira IT.nn- indica procedimento interno do laboratório.
Este laboratório possui um âmbito de acreditação com descrição flexível intermédia, a qual admite a capacidade para implementar novas versões de documentos normativos no âmbito da acreditação.
Os ensaios abrangidos identificam-se pela omissão da versão do documento normativo associado na coluna “Método de Ensaio”.
O Laboratório tem disponível para consulta uma Lista de Ensaios Acreditados sob Acreditação Flexível Intermédia, permanentemente atualizada, discriminando os ensaios abrangidos.
O responsável pela aprovação da Lista de Ensaios Acreditados sob Acreditação Flexível Intermédia é a Eng.ª Filipa Fernandes.
Categorias
0 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório
1 - ensaios realizados fora das instalações do laboratório ou em laboratórios móveis
2 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório e fora destas