INSTITUTO PORTUGUÊS DE ACREDITAÇÃO
Informação geral
Acreditação L0558
Referencial NP EN ISO/IEC 17025
Entidade Monitar, Lda - Laboratório
Sigla Monitar - LAB
Data de Concessão 2011-03-25
Certificado em vigor 2021-05-31
Contacto Doutor Engº Paulo Gabriel Fernandes de Pinho
Locais abrangidos
Endereço Rua Dr. Nascimento Ferreira Urbanização ValRio Lote 6, R/C, Lojas B/C
3510-431 Viseu
Distrito Viseu
Telefone 919247099
Fax 232092031
E-mail geral@monitar.pt
Âmbito de acreditação - Local: 3510-431 Viseu
Anexo técnico em vigor: 2022-06-28

Produto

Ensaio

Método

Categoria

[ Acústica e Vibrações ]

Acústica de edifícios
Suspensão Voluntária desde 2021-07-11 
Medição do isolamento sonoro a sons aéreos de fachadas e elementos de fachada e determinação do índice de isolamento sonoro. Método global com altifalante

(excetuando o isolamento sonoro padronizado de baixa frequência em compartimentos de volume inferior a 25m3) 
NP EN ISO 16283-3:2016
NP EN ISO 717-1:2013 
Acústica de edifícios
Suspensão Voluntária desde 2021-07-11 
Medição do isolamento sonoro a sons aéreos entre compartimentos e determinação do índice de isolamento sonoro.
(excetuando o isolamento sonoro padronizado de baixa frequência em compartimentos de volume inferior a 25m3) 
NP EN ISO 16283-1:2014
NP EN ISO 717-1:2013 
Acústica de edifícios
Suspensão Voluntária desde 2021-07-11 
Medição do isolamento sonoro a sons de percussão e determinação do índice de isolamento sonoro.
(excetuando o isolamento sonoro padronizado de baixa frequência em compartimentos de volume inferior a 25m3) 
NP EN ISO 16283-2:2016
NP EN ISO 717-2:2013 
Acústica de edifícios
Suspensão Voluntária desde 2021-07-11 
Medição do tempo de reverberação. Método da fonte interrompida (método de engenharia).  NP EN ISO 3382-2:2011 
Acústica de edifícios
Suspensão Voluntária desde 2021-07-11 
Medição dos níveis de pressão sonora de equipamentos de edifícios
Determinação do nível sonoro do ruído particular. 
NP EN ISO 16032:2009
Nota 4 do Documento LNEC, 13 de Abril 2012 
Ruído Ambiente  Medição dos níveis de pressão sonora.
Critério de incomodidade. 
NP ISO 1996-1:2019
NP ISO 1996-2:2019
Anexo I do Decreto Lei nº 9/2007
PT 007 ed04 rev00 
Ruído Ambiente  Medição dos níveis de pressão sonora. Determinação do nível médio de longa duração.  NP ISO 1996-1:2019
NP ISO 1996-2:2019
PT 006 ed04 rev00 
Ruído Ambiente  Medição dos níveis de pressão sonora. Determinação do nível sonoro contínuo equivalente.  NP ISO 1996-1:2019
NP ISO 1996-2:2019
PT 008 ed04 rev00 
Ruído Laboral  Avaliação da exposição dos trabalhadores ao ruído durante o trabalho.  Decreto Lei nº 182/2006
PT 009 ed02 rev01 

[ Águas ]

Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Colheita de amostras para análise de Cianetos, Cloretos, Cloro, Fluoretos, Azoto, Azoto orgânico, Amónia, Nitratos, Nitritos, Oxigénio dissovido, Fósforo, Oxidabilidade, Sílica, Sulfuretos, Sulfatos, Sulfitos, CBO5, CQO, Carbono orgânico total, Carbono orgânico dissolvido, Bicarbonatos, Dureza, Fosfatos, Ortofosfatos, Substâncias aniónicas  PT 019 ed01 rev03
ISO 5667-4:1987
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Colheita de amostras para análise de Compostos Orgânicos - Hidrocarbonetos policiclicos aromáticos (PAHs)  PT 019 ed01 rev03
ISO 5667-4:1987
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Colheita de amostras para análise de Compostos Orgânicos - Óleos e Gorduras, Hidrocarbonetos, Hidrocarbonetos dissolvidos e emusionados  PT 019 ed01 rev03
ISO 5667-4:1987
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Colheita de amostras para análise de Cor, Turvação, Alcalinidade, Condutividade, Salinidade, Sólidos suspensos totais, pH, Sólidos dissolvidos totais  PT 019 ed01 rev03
ISO 5667-4:1987
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Colheita de amostras para análise de Metais  PT 019 ed01 rev03
ISO 5667-4:1987
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Determinação da Condutividade
Electrometria 
NP EN 27888:1996 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Determinação da Turvação
Turbidimetria 
ISO 7027-1:2016 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Determinação de Oxigénio dissolvido
Método Electroquímico 
ISO 5814:2012 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Determinação de pH
Electrometria 
ISO 10523:2008 
Águas naturais doces (superficias e subterrâneas) e naturais salinas  Determinação de Temperatura
Termometria 
NP 411:1966 

[ Ar ambiente ]

Ar ambiente exterior  Amostragem da fração PM 10 de partículas em suspensão na atmosfera  EN 12341:2014 
Ar ambiente exterior  Amostragem da fração PM 2,5 de partículas em suspensão na atmosfera  NP EN 14907:2011
Alínea c) do Anexo VII do Decreto-Lei nº 102/2010 de 23 de setembro 
Ar ambiente exterior  Amostragem da fração PM 2,5 de partículas em suspensão na atmosfera  EN 12341:2014 
Ar ambiente exterior  Amostragem e determinação de partículas em suspensão: fração PM10
Método de absorção por radiação beta 
ISO 10473:2000
Alínea c) do Anexo VII do Decreto-Lei nº 102/2010 de 23 de setembro 
Ar ambiente exterior  Amostragem e determinação de partículas em suspensão: fração PM10
Método de absorção por radiação beta 
EN 16450:2017 
Ar ambiente exterior  Amostragem e determinação de partículas em suspensão: fração PM2,5
Método de absorção por radiação beta 
EN 16450:2017 
Ar ambiente exterior  Amostragem por difusão para a determinação de concentrações de gases e vapores no ar ambiente  NP EN 13528-3:2011 
Ar ambiente exterior  Determinação da concentração de benzeno.
Método de cromatografia gasosa in-situ 
EN 14662-3:2015 
Ar ambiente exterior  Determinação da concentração de monóxido de carbono.
Método de espectroscopia de infravermelho não dispersivo 
EN 14626:2012 
Ar ambiente exterior  Determinação da concentração de óxidos de azoto.
Método automático de quimioluminiscência 
EN 14211:2012 
Ar ambiente exterior  Determinação da concentração de ozono.
Fotometria de Ultravioleta. 
EN 14625:2012 
Ar ambiente exterior  Determinação da concentração de
dióxido de enxofre
Fluorescência de Ultravioleta 
EN 14212:2012 
Ar ambiente Laboral  Colheita da sílica cristalina na fração respirável  NIOSH 7500:2003 
Ar ambiente Laboral  Colheita de partículas inaláveis 
NIOSH 0500:1994 
Ar ambiente Laboral  Colheita de partículas respiráveis 
NIOSH 0600:1998 
Notas

Local

Notas
3510-431 Viseu PT xxx ed xx revxx indica procedimento interno do Laboratório
A acreditação para uma dada norma internacional abrange a acreditação para as correspondentes normas regionais adotadas ou nacionais homologadas (i.e., “ISO abc” equivale a “EN ISO abc” e “NP EN ISO abc” ou UNE EN ISO abc, NF EN ISO abc, etc...)
Categorias
0 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório
1 - ensaios realizados fora das instalações do laboratório ou em laboratórios móveis
2 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório e fora destas