INSTITUTO PORTUGUÊS DE ACREDITAÇÃO
Informação geral
Acreditação L0055
Referencial NP EN ISO/IEC 17025:2005
[Em transição para a NP EN ISO/IEC 17025:2018 - Circular 5/2018 e Circular 1/2019]
Entidade AGROLEICO - Laboratório de Análises Químicas e Bacteriológicas
Sigla AGROLEICO
Data de Concessão 1997-07-04
Certificado em vigor 2013-03-08
Contacto Eng.ª Ana Raquel Cortinhas
Locais abrangidos
Endereço Estrada do Pau Queimado, nº 622 Afonseiro
2870-100 Montijo
Distrito Setúbal
Telefone 214 220 350
Fax 214 220 361
E-mail qualidade@agroleico.pt
Âmbito de acreditação - Local: 2870-100 Montijo
Anexo técnico em vigor: 2018-11-30

Produto

Ensaio

Método

Categoria

[ Águas ]

Águas de consumo  Colheita para análise de clostridium perfringens  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de consumo  Colheita para análise de sabor a 25ºC  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006 
Águas de consumo  Contagem de clostridium perfringens  ME-421 rev.02 de 06/03/2015 
Águas de consumo  Determinação de sabor a 25ºC
Método da escolha não forçada 
EN 1622:2006 - Método simplificado 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação de Antimónio, Arsénio e Selénio, Alumínio, Manganês, Cádmio, Cobre, Crómio, Níquel e Chumbo. Absorção atómica com Câmara de grafite  ME-856 (equivalente SMEWW 3113 B 22ª edição) rev. 0 de 11/11/2013 
Águas de consumo e de Piscina  Determinação de cloro livre  ME-709 rev.6 de 24/11/2011 
Águas de consumo e Naturais doces (subterrâneas)  Pesquisa e contagem de esporos de bactérias anaeróbias sulfito-redutoras (clostridia).
Método de filtração por membrana 
NP EN 26461-2: 1994 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas)  Colheita para análise de esporos de bactérias anaeróbias sulfito-redutoras (clostridia)  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Colheita de amostras para análise carbono orgânico residual  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Colheita para análise de catiões: cálcio, magnésio, sódio, potássio, Dureza, Relação de adsorção do Sódio   PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Colheita para análise de dióxido de carbono livre  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Colheita para análise de fosfatos, sílica, resíduo seco a 105 °C  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Colheita para análise de Legionella  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação da dureza
Cálculo a partir do doseamento de cálcio e magnésio por Cromatografia Iónica 
ME-479 rev.11 de 09/12/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação da dureza.
Titulimetria complexométrica (EDTA) 
NP 424: 1966 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação de Carbono orgânico total
Colorimetria 
ME-760 (equivalente SMEWW 5310 C 22ª edição) rev. 03 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação de catiões (cálcio, magnésio, sódio, potássio) por Cromatografia Iónica  ME-479 rev.11 de 09/12/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação de Substâncias tensioativas
Colorimetria 
ME-318 (equivalente SMEWW 5540 C 22ª edição) rev. 03 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do Consumo Bioquímico de Oxigénio (CBO5)
Método das diluições 
ME-98 (equivalente SMEWW 5210 B 22ª edição) rev. 02 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do dióxido cloro
Colorimetria 
ME-750 rev.01 de 15/01/2010 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do resíduo seco a 105 °C.
Gravimetria 
NP 505:1967 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor de Boro
Absorção Molecular 
ME-89 (equivalente SMEWW 4500-B B 22ª edição) rev. 07 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor de zinco
Absorção Atómica em chama 
ME-319 rev.01 de 21/01/2008 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em cálcio.
Titulimetria complexométrica (EDTA) 
ME-49 (equivalente SMEWW 3500-Ca B 22ª edição) rev. 06 de 07/08/2018 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em dióxido de carbono livre.
Titulimetria 
ME-54 (equivalente SMEWW 4500-CO2 C 22ª edição) rev. 06 de 05/01/2017 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em ferro.
Absorção Molecular 
NP 968:1973 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em fosfatos
Absorção Molecular 
ME-51 (equivalente SMEWW 4500-P E 22ª edição) rev. 10 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em fósforo total
Absorção Molecular 
ME-51 (equivalente SMEWW 4500-P E 22ª edição) rev. 10 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em magnésio.
Método por cálculo 
ME-49 (equivalente SMEWW 3500—Mg B 22ª edição) rev. 06 de 07/08/2018 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em sílica.
Absorção Molecular 
ME-48 (equivalente SMEWW 4500—-Si C 22ª edição) rev. 07 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em sólidos suspensos totais
Gravimetria 
ME-52 (equivalente SMEWW 2540 D 22ª edição) rev. 08 de 17/01/2014 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em sulfatos.
Gravimetria 
ME-36 (equivalente NP 413:1966) rev. 06 de 21/01/2008 
Águas de consumo e Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Relação de adsorção do Sódio – SAR
Método de cálculo 
Decreto-Lei 236/1998 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas) e de Piscina  Colheita para análise de Pseudomonas aeruginosa, organismos viáveis a 36ºC e 22ºC  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas) e de Piscina  Contagem de Pseudomonas aeruginosa  ME-150 (equivalente a ISO 16266:2006) rev.04 de 06/08/2008 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas) e de Piscina  Determinação do número de organismos viáveis a 22ºC.
Método de incorporação 
ISO 6222:1999 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas) e de Piscina  Determinação do número de organismos viáveis a 36ºC.
Método de incorporação 
ISO 6222:1999 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, Águas balneares e pluviais) e de Piscina  Determinação do azoto amoniacal.
Elétrodo seletivo 
ME-32 rev.08 de 14/11/2014 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Colheita de amostras para análise de Substâncias extraíveis com clorofórmio  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação de mercúrio
Espectrofotometria de Fluorescência 
ISO 17852:2006 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do Consumo Químico de Oxigénio (CQO)
Método do refluxo aberto 
ME-436 rev. 04 de 06/03/2015 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais)  Determinação do teor em fluoretos.
Elétrodo seletivo 
ME-34 (equivalente SMEWW 4500-F C 22ª edição) rev. 09 de 14/11/2014 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e de Processo (caldeiras, torres de refrigeração, uso industrial)  Contagem de Legionella  ISO 11731:1998 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e de Piscina  Colheita para análise de sólidos dissolvidos totais e de alcalinidade total  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e de Piscina  Determinação da alcalinidade total.
Titulimetria 
NP 421:1966 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e de Piscina  Determinação de Aniões (nitratos, cloretos, fluoretos e sulfatos) por Cromatografia Iónica  ME-479 rev.11 de 09/12/2014 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e de Piscina  Determinação do teor em nitritos.
Absorção Molecular 
NP 624:1972 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e de Piscina  Determinação do teor em sólidos dissolvidos totais.
Gravimetria 
ME-53 (equivalente SMEWW 2540 C 22ª edição) ME-53 (equivalente SMEWW 2540 C 22ª edição) rev. 10 de 07/12/2015 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Naturais salinas (costeiras, transição e balneares)  Determinação da cor.
Escala Pt-Co 
NP 627:1972 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares) e de Piscina  Colheita para análise de turvação  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares) e de Piscina  Determinação da turvação.
Turbidimetria 
ISO 7027:1999 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares) e de Piscina  Pesquisa e contagem de Bactérias coliformes
Método de filtração por membrana 
ME-15 rev.08 de 15/07/2015 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares) e de Piscina  Pesquisa e contagem de coliformes fecais
Método de filtração por membrana 
ME-15 rev.08 de 15/07/2015 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares) e de Piscina  Pesquisa e contagem de Escherichia coli.
Método de filtração por membrana 
ME-15 rev.08 de 15/07/2015 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares) e de Piscina  Pesquisa e contagem de Enterococos intestinais
Método de filtração por membrana 
ISO 7899-2:2000 
Águas de piscina  Colheita para análise de Estafilococos produtores de coagulase e Estafilococos totais  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de piscina  Contagem de Estafilococos produtores de coagulase
Método de filtração por membrana 
NP 4343:1998 
Águas de piscina  Contagem de Estafilococos totais
Método de filtração por membrana 
NP 4343:1998 
Águas de piscina  Determinação de Cloro total
Colorimetria 
ME-709 rev.6 de 24/11/2011 
Águas Residuais  Colheita Pontual de amostras para análise de óleos e gorduras, hidrocarbonetos totais e dissolvidos ou emulsionados  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-10:1992 

[ Águas; Efluentes líquidos ]

Águas de consumo humano, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares) e Residuais  Pesquisa de Salmonella  ISO 19250:2010 
Águas de consumo, Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares), de Piscina e Residuais  Colheita para análise de Bactérias coliformes, Escherichia coli, coliformes fecais ou termotolerantes, Enterococos intestinais  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de pesticidas  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de acrilamida, epicloridrina, aldeídos, hidrocarbonetos aromáticos policíclicos  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de AOX  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de benzeno, trihalometanos, 1,2 dicloroetano, tetracloroeteno, tricloroeteno, cloreto de vinilo  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de bromatos, cloritos e cloratos  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de Metais (Alumínio, Antimónio,Arsénio, Bário, Berílio, Cádmio, Chumbo, Cobalto, Cobre, Crómio, Ferro, Lítio, Manganês, Mercúrio, Molibdénio, Níquel, Selénio, Vanádio e Zinco)  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de PCB’s  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de trítio, α total, β total e dose indicativa total  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita para análise de Boro, Sólidos suspensos totais  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita para análise de cheiro a 25ºC  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita para análise de cianetos  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita para análise de Consumo Bioquímico de Oxigénio (CBO5)  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita para análise de Consumo Químico de Oxigénio (CQO), de fósforo total, azoto amoniacal, Azoto kjeldahl  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Determinação de cheiro a 25ºC
Método da escolha não forçada 
EN 1622:2006 - Método simplificado 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Determinação de cianetos
Absorção Molecular 
ME-628 (equivalente SMEWW 4500-CN C,E 22ª edição) rev. 05 de 17/01/2014 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Determinação do azoto Kjeldahl.
Digestão, destilação e titulação 
ME-64 (equivalente SMEWW 4500-N C 22ª edição) rev. 12 de 17/01/2014 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Determinação do teor de cloretos
Titulimetria 
NP 423:1966 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), de Piscina e Residuais  Colheita para análise de Aniões: cloretos, nitratos, nitritos, fluoretos e sulfatos  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), de Piscina e Residuais  Determinação da condutividade
Condutimetria 
NP 732:1969 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), de Piscina e Residuais  Determinação da oxidabilidade
Método do permanganato em meio ácido. 
NP 731:1969 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), de Piscina e Residuais  Determinação de temperatura  NP 410:1966 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), de Piscina e Residuais  Determinação do pH
Potenciometria 
NP 411:1966 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), de Piscina, Processo (rega) e Residuais  Determinação do pH
Potenciometria 
ME-752 rev.04 de 21/11/2011 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares) e Residuais  Colheita para análise de cor  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares)  Colheita de amostras para análise de óleos e gorduras, hidrocarbonetos totais e dissolvidos ou emulsionados  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares) e Residuais  Colheita de amostras para análise de Substâncias Tensioativas, Detergentes aniónicos  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares) e Residuais  Colheita para análise de oxigénio dissolvido  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:20091 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares) e residuais  Colheita para análise de Salmonella  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares), de Piscina e Residuais  Colheita para análise de condutividade, pH  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares) e Residuais  Determinação do teor de oxigénio dissolvido
Método de Winkler 
ME-60 (equivalente SMEWW 4500-O C 22ª edição) rev. 07 de 17/01/2014 
Águas de consumo, Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais),de Piscina e Residuais  Colheita para análise de oxidabilidade  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-5:2006
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de sulfitos  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas Naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais
Suspensão desde 2019-01-11 
Colheita de amostras para análise de Ovos de Parasitas  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 19458:2006 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Colheita de amostras para análise de sulfuretos  PT-11 ver.19 de 22/12/2017
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais) e Residuais  Pesquisa e contagem de Bactérias coliformes
Método dos tubos múltiplos 
ME-426 rev. 03 de 08/03/2013 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras e balneares) e Residuais  Colheita de amostras para análise de Fenóis  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-6:2014
ISO 5667-9:1992
ISO 5667-10:1992
ISO 5667-11:2009 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares) e Residuais  Contagem de Enterococos
Método dos tubos múltiplos 
SMEWW 9230 B 22ª Edição 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares) e residuais  Pesquisa e contagem de Escherichia coli
Método dos tubos múltiplos 
ME-426 rev. 03 de 08/03/2013 
Águas naturais doces (superficiais, subterrâneas, balneares e pluviais), Naturais salinas (costeiras, transição e balneares)e Residuais  Pesquisa e contagem de coliformes termotolerantes
Método dos tubos múltiplos 
ME-426 rev. 03 de 08/03/2013 

[ Alimentos e agro-alimentar ]

Alimentos para animais  Determinação do teor de amido.
Método polarimétrico 
NP 2026:1987 
Alimentos para animais  Determinação do teor de celulose bruta.
Adaptação Tecator 
ME-21 (equivalente a EN ISO 6865:2000) rev.04 de 07/08/2018 
Alimentos para animais  Determinação do teor de cinza bruta.
Calcinação 
NP ISO 5984:2014 
Alimentos para animais  Determinação do teor de cinza insolúvel no ácido clorídrico.
Calcinação 
NP 2971:1992 
Alimentos para animais  Determinação do teor de cloretos solúveis na água.
Titulimetria 
ME-22 rev.04 de 05/12/2014 
Alimentos para animais  Determinação do teor de fósforo total.
Espectrofotometria de Absorção Molecular 
NP 874:2000 
Alimentos para animais  Determinação do teor de humidade.
Gravimetria 
NP 875:1994 (com exclusão do ponto 8.2.1.3) 
Alimentos para animais  Determinação do teor de matéria gorda.
Adaptação Tecator. Método A e Método B 
ME-17 (equivalente a NP ISO 6492:2014) rev. 06 de 13/11/2015 
Alimentos para animais  Determinação do teor em cálcio.
Titulimetria complexométrica (EDTA) 
ME-39 rev.03 de 20/11/2012 
Azeites  Análise por espectrofotometria no ultravioleta.  Reg. CEE nº 2568/91, Anexo IX
Reg. De execução EU nº 1833/2015, Anexo III 
Azeites  Determinação da diferença entre o ECN 42 determinado por HPLC e o ECN 42 obtido por cálculo.  Reg. CEE nº 2568/91, Anexo XVIII
Reg. CEE nº 299/2013, Anexo II 
Azeites  Determinação de estigmastadieno.
Cromatografia Gasosa 
Reg.CEE nº2568/91, Anexo XVII 
Azeites e óleos alimentares  Determinação da acidez.
Titulimetria 
ME-26 (equivalente ao Reg. CEE nº 2568/91, Anexo II, Reg.de execução EU nº 1227/2016, Anexo I)
rev. 05 de 11/11/2016 
Azeites e óleos alimentares  Determinação da composição em ácidos gordos.
Cromatografia Gasosa 
NP EN ISO 5508:1996 
Azeites e óleos alimentares  Determinação da composição esterólica
Cromatografia Gasosa 
Reg.CEE nº2568/91, Anexo V
Reg. de execução EU nº 1348/2013, Anexo IV 
Azeites e óleos alimentares  Determinação do índice de peróxidos.
Titulimetria 
Reg.CEE nº2568/91, Anexo III
Reg. de execução EU nº 1784/2016 
Azeites e óleos alimentares  Determinação do índice de refração.  ME-219 rev.00 de 21/08/2002 
Azeites e óleos alimentares  Determinação do teor de insaponificável.
Método de extração pelo éter etílico 
NP 3583:1991 
Azeites e óleos alimentares  Pesquisa de sabão.  NP 973:1988 
Esfregaços de Superfícies  Contagem de bactérias Coliformes  ISO 4832:2006; PT-68 rev.02 de 05/12/2014 
Esfregaços de Superfícies  Contagem de microrganismos a 30 °C  ISO 4833-1:2013; PT-68 rev.02 de 05/12/2014 
Esfregaços de Superfícies  Pesquisa de bactérias Coliformes  NP 2164:1983; PT-68 rev.02 de 05/12/2014 
Esfregaços de Superfícies  Pesquisa de Escherichia coli  NP 2308:1986; PT-68 rev.02 de 05/12/2014 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Contagem de bactérias Coliformes.  ISO 4832:2006 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Contagem de bolores e leveduras.
Incubação a 25ºC 
NP 3277-1:1987 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Contagem de microrganismos a 30 °C.  ISO 4833-1:2013 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Contagem de Staphylococcus coagulase positiva (aureus)  ISO 6888-1:1999 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Determinação do teor de azoto total
Analisador LECO 
ME-515 rev.05 de 02/03/2015 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Determinação do teor de proteína bruta
Analisador LECO 
ME-515 rev.05 de 02/03/2015 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Pesquisa de bactérias Coliformes.  NP 2164:1983 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Pesquisa de Escherichia coli.  NP 2308:1986 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Pesquisa de esporos de Clostrídios sulfito-redutores.  NP 2262:1986 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Pesquisa de Salmonella  ISO 6579-1:2017 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Pesquisa de Staphylococcus coagulase positiva (aureus)  NP 2260:1986 
Géneros alimentícios e alimentos para animais  Teor Micológico Total
Método por cálculo 
NP 3277-1:1987 
Óleo de Fígado de Peixe  Determinação do teor de esqualeno.
Cromatografia Gasosa 
ME-350 rev.02 de 11/11/2016 

[ Efluentes líquidos ]

Águas residuais  Colheita de amostras para análise carbono orgânico total e residual  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-10:1992 
Águas residuais  Colheita de amostras para análise de Crómio hexavalente  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-10:1992 
Águas residuais  Colheita para análise de Azoto total  PT-11 rev.19 de 22/12/2017
ISO 5667-10:1992 
Águas residuais  Determinação da Consumo Químico de Oxigénio (CQO)
Método do refluxo aberto 
ME-370 (equivalente SMEWW 5220 B 22ª edição) rev. 06 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação da cor
Absorção molecular 
ME-764 (equivalente a NP 627:1972) rev.1 de 09/12/2014 
Águas residuais  Determinação de azoto amoniacal  ME-58 (equivalente a ISO 5664:1984) rev. 04 de 25/11/2013 
Águas residuais  Determinação de azoto total
Analisador direto 
ME-899 rev0 de 03/11/2015 
Águas residuais  Determinação de Cádmio
Absorção Atómica em chama 
ME-307 Rev.1 de 26/08/2011 
Águas residuais  Determinação de Chumbo
Absorção Atómica em chama 
ME-80 Rev.1 de 26/08/2011 
Águas residuais  Determinação de Cobre
Absorção Atómica em chama 
ME-73 Rev.1 de 26/08/2011 
Águas residuais  Determinação de Crómio
Absorção Atómica em chama 
ME-305 Rev.1 de 26/08/2011 
Águas residuais  Determinação de Detergentes Aniónicos
Absorção molecular 
ME-69 (equivalente SMEWW 5540 C 22ª edição) rev. 03 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação de Fenóis
Absorção molecular 
ME-437 (equivalente SMEWW 5530 B,D 22ª edição) rev. 03 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação de fluoretos
Elétrodo seletivo 
ME-477 (equivalente SMEWW 4500-F C 22ª edição) rev. 04 de 14/11/2014 
Águas residuais  Determinação de fósforo total
Absorção Molecular 
ME-62 (equivalente SMEWW 4500-P B,C 22ª edição) rev. 05 de 05/01/2017 
Águas residuais  Determinação de mercúrio
Espectrometria de Absorção Atómica – analisador direto 
ME-474 rev.08 de 06/07/2018 
Águas residuais  Determinação de Níquel
Absorção Atómica em chama 
ME-314 Rev.1 de 26/08/2011 
Águas residuais  Determinação de Nitratos
Colorimetria 
ME-258 (equivalente a NP 4338-1:1996) rev. 04 de 05/01/2017 
Águas residuais  Determinação de Nitritos
Colorimetria 
ME-439 (equivalente a SMEWW 4500 B 22ª Edição) rev. 03 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação de Óleos e gorduras
Gravimetria 
ME-68 (equivalente a SMEWW 5520 D 22ª Edição) rev. 03 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação de Zinco
Absorção Atómica em chama 
ME-65 Rev.1 de 26/08/2011 
Águas residuais  Determinação do Azoto total
Colorimetria 
ME-753 rev.03 de 05/01/2017 
Águas residuais  Determinação do Consumo Bioquímico de Oxigénio (CBO5).
Método das diluições 
ME-435 (equivalente SMEWW 5210 B 22ª edição) rev. 08 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação do Consumo Bioquímico de Oxigénio (CBO5).
Método manométrico 
ME-66 rev.07 de 06/03/2015 
Águas residuais  Determinação do consumo químico de oxigénio
Colorimetria 
ME-104 (equivalente 5220 D 22ª edição) rev. 05 de 10/03/2016 
Águas residuais  Determinação do teor em sólidos suspensos totais
Gravimetria 
ME-74 (equivalente SMEWW 2540 D 22ª edição) rev. 08 de 10/01/2013 
Águas residuais  Determinação do teor em sólidos suspensos voláteis.
Gravimetria 
ME-100 (equivalente a SMEWW 2540 E 22ª Edição) rev. 5 de 17/01/2014 
Águas residuais  Determinação do teor em sulfatos
Gravimetria 
ME-59 (equivalente a NP 413:1966) rev.04 de 07/11/2016 

[ Resíduos sólidos ]

Lamas  Contagem de Escherichia coli  ISO 16649-2:2001 
Lamas  Determinação da Cinza  EN 12879:2000 
Lamas  Determinação da Matéria seca  EN 12880:2000 
Lamas  Determinação de Fósforo  ME-762 rev.3 de 05/12/2014 
Lamas  Determinação de Humidade   EN 12880:2000 
Lamas  Determinação de Matéria orgânica  EN 12879:2000 
Lamas  Determinação de Níquel, Cádmio, Chumbo, Crómio, Cobre, Zinco
Absorção Atómica em chama 
ME-674 rev1 de 16/08/2011 
Lamas  Determinação de pH  EN 12176:2000 
Lamas  Determinação do Mercúrio
DMA- Analisador direto de Mercúrio 
ME-474 rev.08 de 06/07/2018 
Lamas  Pesquisa de Salmonella  ISO 6579-1:2017 
Notas

Local

Notas
2870-100 Montijo - "ME xx" e “PT-xx” indicam métodos internos do Laboratório.
- "SMEWW" indica "Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater" 22ª edição.
-Os métodos de filtração por membrana não se aplicam a águas com elevadas cargas microbianas interferentes e matérias em suspensão.
- Método interno equivalente é aquele que tem a mesma área de aplicação (parâmetros e matrizes) e que cumpre as características de desempenho, obtendo resultados comparáveis ao(s) método(s) normalizado(s) junto indicado(s).
“Quando para um mesmo ensaio são indicados vários documentos normativos sem qualquer outra indicação, significa que os mesmos se complementam.”
Categorias
0 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório
1 - ensaios realizados fora das instalações do laboratório ou em laboratórios móveis
2 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório e fora destas