INSTITUTO PORTUGUÊS DE ACREDITAÇÃO
Informação geral
Acreditação L0499
Referencial NP EN ISO/IEC 17025
[As acreditações para o referencial em causa encontram-se em transição da sua versão de 2005 para a de 2018 - Consulte as Circulares 5/2018 e 1/2019]
Entidade MicroChem - Ensaios e Análises Técnicas, Lda. - MicroChem
Sigla MicroChem
Data de Concessão 2011-01-17
Certificado em vigor 2011-01-17
Contacto Eng.ª Sílvia Silva
Locais abrangidos
Endereço Centro Empresarial da Lionesa Rua da Lionesa, 446, G13
4465-671 Leça do Balio
Distrito Porto
Telefone 229 028 064
Fax ---
E-mail silvia.silva@microchem.pt
Âmbito de acreditação - Local: 4465-671 Leça do Balio
Anexo técnico em vigor: 2019-10-11

Produto

Ensaio

Método

Categoria

[ Águas ]

Águas de consumo  Determinação de Alumínio
Espectrofotometria de Absorção Molecular – ECR 
PEFQ 24 (2016-03-15) 
Águas de consumo  Determinação de Ferro
Espectrofotometria de Absorção Molecular – Ferroína 
PEFQ 18 (2016-03-15) 
Águas de consumo  Determinação de Nitritos
Espectrofotometria de Absorção Molecular – Diazotização 
PEFQ 26 (2016-03-15) 
Águas de consumo e naturais doces (subterrâneas e termais)  Colheita de amostras em torneira para ensaios microbiológicos:
Bactérias Coliformes, Escherichia coli, Enterococos intestinais, Salmonella 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas de consumo e naturais doces (subterrâneas e termais)  Colheita de amostras em torneira para ensaios microbiológicos:
Clostridium perfringens, Esporos de Anaeróbios sulfito-redutores, Microrganismos a 22ºC 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas de consumo e naturais doces (subterrâneas e termais)  Colheita de amostras em torneira para ensaios microbiológicos:
Legionella spp, Pseudomonas aeruginosa, Microrganismos a 36ºC 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas de consumo e naturais doces (superficiais e subterrâneas)  Determinação de Nitratos
Espectrofotometria de Absorção Molecular – Redução do cádmio 
PEFQ 06 (2018-05-30) 
Águas de consumo, naturais doces (subterrâneas e termais) e processo (caldeiras, torres de refrigeração e uso industrial)  Quantificação de Microrganismos a 22ºC
Incorporação 
ISO 6222:1999 
Águas de consumo, naturais doces (subterrâneas e termais), piscina e processo (caldeiras, torres de refrigeração e uso industrial)  Quantificação de Microrganismos a 36ºC
Incorporação 
ISO 6222:1999 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais) e processo (uso industrial)  Pesquisa e Quantificação de Clostridium perfringens
Membrana Filtrante 
EPA/600/R-95/178:1996 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais) e processo (uso industrial)  Pesquisa e Quantificação de Esporos de Anaeróbios sulfito-redutores
Membrana Filtrante 
ISO 6461-2:1986 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais), piscina e processo (uso industrial)  Pesquisa e Quantificação de Pseudomonas aeruginosa
Membrana Filtrante 
ISO 16266:2006 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais), piscina, processo (caldeiras, torres de refrigeração e uso industrial) e matrizes relacionadas (zaragatoas e biofilmes)  Pesquisa e Quantificação de Legionella pneumophilla
Filtração em membrana
Filtração com eluição
Inoculação direta
Serologia 
ISO 11731:2017
PEM 10 (28/03/2018)
Matriz A, ponto 8.4.3, Procedimentos 5 e 7
Matriz B ponto 8.4.4, procedimentos 8, 9, 10 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais), piscina, processo (caldeiras, torres de refrigeração e uso
industrial) e matrizes relacionadas (zaragatoas e biofilmes) 
Pesquisa e Quantificação de Legionella sp.
Filtração em membrana
Filtração com eluição
Inoculação direta 
ISO 11731:2017
Matriz A, ponto 8.4.3, Procedimentos 5 e 7
Matriz B ponto 8.4.4, procedimentos 8, 9, 10 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais), piscina, processo (uso
industrial) 
Quantificação de Bactérias Coliformes
Filtração em membrana 
ISO 9308-1:2014 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas, termais e balneares), naturais salinas (balneares e costeiras) e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Pesquisa de Salmonella sp.  ISO 19250:2010 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas, termais e balneares), naturais salinas (balneares e costeiras), piscina e processo (uso industrial)  Pesquisa e Quantificação de Bactérias Coliformes
Membrana filtrante 
PEM 02 (2019-04-11) 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas, termais e balneares), naturais salinas (balneares e costeiras), piscina e processo (uso industrial)  Pesquisa e Quantificação de Enterococos intestinais
Membrana Filtrante 
ISO 7899-2:2000 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas, termais e balneares), naturais salinas (balneares e costeiras), piscina e processo (uso industrial)  Pesquisa e Quantificação de Escherichia coli
Membrana filtrante 
PEM 02 (2019-04-11) 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais,
subterrâneas e termais) e piscina 
Quantificação de Escherichia coli
Filtração em membrana 
ISO 9308-1:2014 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais,
subterrâneas e termais) e
processo (uso industrial) 
Quantificação de Clostridium perfringens
Filtração em membrana 
ISO 14189:2013 
Águas naturais doces (superficiais e balneares), naturais salinas (balneares e costeiras), piscina e processo (caldeiras e uso industrial)  Colheita de amostras para ensaios microbiológicos:
Bactérias Coliformes, Escherichia coli, Enterococos intestinais, Salmonella 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas naturais doces (superficiais e balneares), naturais salinas (marinhas,
transição, costeiras e balneares) 
Pesquisa e Quantificação de Enterococos intestinais
Número Mais Provável 
ISO 7899-1:1998 
Águas naturais doces (superficiais e balneares), naturais salinas (marinhas,
transição, costeiras e balneares) 
Pesquisa e Quantificação de Escherichia coli
Número Mais Provável 
ISO 9308-3:1998 
Águas naturais doces (superficiais) e processo (caldeiras e uso industrial)  Colheita de amostras para ensaios microbiológicos:
Clostridium perfringens, Esporos de Anaeróbios sulfito-redutores, Microrganismos a 22ºC 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas naturais doces (superficiais), piscina e processo (caldeiras e uso industrial)  Colheita de amostras para ensaios microbiológicos:
Legionella spp, Pseudomonas aeruginosa, Microrganismos a 36ºC 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas naturais doces (superficiais, Subterrâneas) e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Nitritos
Espectrometria de absorção molecular – Diazotização 
PEFQ 26 (2016-03-15) 
Águas naturais doces (termais)  Amónio
Espectrometria de absorção molecular – Fenato 
PEFQ 05 (2019-06-13) 
Águas naturais doces (termais) e piscina  Colheita de amostras para ensaios microbiológicos:
Estafilococos totais e Estafilococos produtores de coagulase 
PTA 02 (2018-05-30)
ISO 19458:2006 
Águas naturais doces (termais) e piscina  Pesquisa e Quantificação de Estafilococos produtores de coagulase
Membrana Filtrante 
PEM 05 (2016-03-15) 
Águas naturais doces (termais)e piscina  Pesquisa e Quantificação de Estafilococos totais
Membrana Filtrante 
PEM 05 (2016-03-15) 
Águas naturais doces
(superficiais e subterrâneas) 
Alumínio
Espectrometria de absorção molecular – ECR 
PEFQ 24 (2016-03-15) 

[ Águas; Efluentes líquidos ]

Águas de consumo, naturais doces (superficiais e subterrâneas) e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Determinação de Amónio
Espectrofotometria de Absorção Molecular – Fenato 
PEFQ 05 (2019-06-13) 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais e subterrâneas) e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Determinação de Sulfatos
Espectrofotometria de Absorção Molecular – Cloreto de bário 
PEFQ 22 (2016-03-15) 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais), piscina e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Determinação de Cloretos
Espectrofotometria de Absorção Molecular – Tiocianato de mercúrio 
PEFQ 23 (2016-03-15) 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas e termais), piscina e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Determinação de pH
Potenciometria 
PEFQ 01 (2017-05-05) 
Águas de consumo, naturais doces (superficiais, subterrâneas), piscina e residuais (efluentes tratados e não tratados)  Determinação de condutividade
Condutimetria 
PEFQ 02 (2018-03-27) 

[ Alimentos e agro-alimentar ]

Esfregaços de superfície  Pesquisa de Salmonella sp.  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 6579:2017 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Bacillus cereus  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 7932:2004 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Bactérias Coliformes a 30ºC  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 4832:2006 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Bactérias sulfito-redutoras  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 15213:2003 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Bolores e Leveduras  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 21527-1:2008 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Enterobacteriaceae  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 21528-2:2017 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Escherichia coli  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 16649-2:2001 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Estafilococos coagulase positiva  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 6888-1:1999 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Listeria monocytogenes  ISO 18593:2018 pontos 9 e 10
ISO 11290-2-2017 
Esfregaços de superfície  Quantificação de Microrganismos a 30ºC  ISO 18593:2018 (9 e 10)
ISO 4833-1:2013 
Géneros alimentícios  Colheita de amostras para ensaios microbiológicos  PTA 03 (2017-05-05)
ISO 7218:2007 (8.1 e 8.2) 
Géneros alimentícios  Pesquisa de Salmonella sp.  ISO 6579:2017 
Géneros alimentícios  Quantificação de Bacillus cereus  ISO 7932:2004 
Géneros alimentícios  Quantificação de Bactérias Coliformes a 30ºC  ISO 4832:2006 
Géneros alimentícios  Quantificação de Bactérias sulfito-redutoras  ISO 15213:2003 
Géneros alimentícios  Quantificação de Bolores e Leveduras  ISO 21527-1:2008 
Géneros Alimentícios  Quantificação de Enterobacteriaceae  ISO 21528-2:2017 
Géneros alimentícios  Quantificação de Escherichia coli  ISO 16649-2:2001 
Géneros alimentícios  Quantificação de Estafilococos coagulase positiva  ISO 6888-1:1999 
Géneros alimentícios  Quantificação de Listeria monocytogenes  ISO 11290-2:2017 
Géneros alimentícios  Quantificação de Microrganismos a 30ºC  ISO 4833-1:2013 
Superfície  Colheita de amostras através de esfregaços de superfícies, para Pesquisa e Quantificação de microrganismos  ISO 18593:2018 

[ Ar ambiente ]

Ar e ar interior  Quantificação de Bactérias  EN 13098:2000 (7,8) 
Ar e ar interior  Quantificação de Fungos  EN 13098:2000 (7,8) 
Notas

Local

Notas
4465-671 Leça do Balio - “PEFQ”, “PEM” e “PTA” indica procedimento interno do Laboratório.
- “EPA” indica “Environmental Protection Agency”.
- Os métodos de filtração por membrana não se aplicam a águas com elevada carga microbiana interferente e matéria em suspensão
Categorias
0 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório
1 - ensaios realizados fora das instalações do laboratório ou em laboratórios móveis
2 - ensaios realizados nas instalações permanentes do laboratório e fora destas